Introdução

Os diferentes legados de grandes civilizações fazem do Perú um país muito interessante. Você pode percorrer cidades coloniais que tem preservado os legados dos conquistadores espanhóis, visitar a capital Inca Cuzco, explorar a cidade perdida de Machu Picchu e asombrar-se com o enigma das linhas de Nazca. Você não precisa de muito tempo no país para descobrir que o "Novo Mundo" era rico e complexo na sua vida culturar muitos anos antes de que o Pizarro aparecesse mostrando suas vestimentas engraçadas. Tudo isto existe num país com alguns dos cenários mais variados e interessantes da América do Sul. Os Andes peruanos são talvez os mais bonitos do continente e as montanhas servem de moradia a milhares de índios que ainda falam as antiguas línguas de Quechua e mantêm uma estilo de vida muito tradicional. A amazônia peruana, que ocupa quase a metade do país, é uma das áreas ecológicas mais preservadas do mundo , e contêm uma considerável vida animal. Também existem as enormes dunas nas costas, que chamam a atenção de todos os amantes da natureza. Você não precisa ser um antropologista ou alpinista para gostar do Perú , tudo o que você precisa é um pouca de amor a natureza e interesse na história de um dos países mais fascinantes da América do Sul.

Alguns Dados Principais

Nome completo: República do Perú

Área: 1.285.215 km²

População: 23.4 milhões da habitantes

Capital: Lima ( população 7 milhões )

Povo: 54% índios, 32% mestiço (descendentes de europeus e índios), 12% descendentes de espanhóis, 2% de raça negra e uma minoria asiática

Idioma: Espanhol, Quechua e Aymará

Religião: 90% Católica, 5% Protestante e outras minorias

Governo: Democracia

Presidente: Alberto Fujimori

Primeiro Ministro: Victor Joy Way

Geografía

Perú encontra-se na parte oeste da América do Sul e limita com o Chile (sul), Bolivia (sudeste), Brasil (nordeste), Colombia (norte) e Equador (noroeste). Ele tem tres regiões principais: uma fina área de costas, a larga área Andina, e a Amazônia . A área costal esta composta predominantemente por desertos, mas contêm as maiores cidades do país e a melhor estrada, a Carretera Panamericana. Os andes esta composto da Cordilheira Ocidental e Oriental e incluí Huascarán (6768 mt), a montanha mais alta do país. Ao este temos a amazônia peruana, uma região de terras baixas, irrigada principalmente pelos rios Maranon e Ucayali. A vida marina e de pássaros abundan nas costas desérticas do Perú, com colonias de leões marinos, o flamingo chileno, o pelicano peruano e outras espécies. Nas regiões altas podem-se encontrar llamas, alpacas, guanacos e vicuñas. A extensa vida animal do país esta protegida por um sistema de em torno de trinta parques nacionais que compõem 7% do país. O clima do Peru pode ser dividido em duas estações - a de chuva e a de seca - apesar de que isto varia dependendo da posição geográfica. Nas costas e região andina chove pouco, e o verão se extende de Dezembro a Abril. Durante o resto do ano a garuá (neblina) é frequente e o sol raramente sai. A temporada de seca na região dos Andes é de Maio a Setembro, enquanto que o resto do ano é temporada de chuvas.

História

Os primeiros habitantes do Perú eran caçadores nomades que viviam em cavernas nas costas do país. O sítio mais antigo, a caverna de Pikimachay, data de 12.000 A.C. Produtos agropecuários como o algodão, feijão, e pimenta foram plantados ao redor de 4000 AC; deopois culturas avanzadas como os Chavín introduciram a costura, agricultura, e religião ao país. Ao redor de 300 AC. os Chavín desapereceram sem explicação, mas durante os séculos outras culturas - incluíndo os Salinar, Nazca, Paracas Necropolis e Huari - se tornaram importantes no âmbito local. No começo do século 15 , o império Inca tinha o control de grande parte da área, extendendo a sua influência para a Colombia e o Chile. De 1526-1528, o conquistador espanhol Francisco Pizarro explorou as costas do Perú e, levado pelas riquezas do Imperio Inca, retornou para Espanha com o objetivo de levantar fundos e recrutar homens para realizar outra expedição ao país. Ele voltou, desfilando pelas ruas de Cajamarca, no norte do país, antes de capturar, pedir dinheiro pelo sequestro e matar o imperador Inca Atahualpa em 1533. Em sequencia, Pizarro fundou a cidade de Lima em 1535, mas foi assassinado seis anos mais tarde. A rebelião do último lider Inca, Manco Inca, acabou sem gloria nenhuma com a sua decapitação em 1572. Os próximos 200 anos foram pacíficos, tempo em que a cidade de Lima se emergeu como o centro político, social e comercial das nações andinas. Contudo, a exploração dos índios por parte de seus amos coloniais levou a um levantamento em 1780, liderado pelo Inca Tupac Amaru II. A rebelião foi contida rapidamente e a maioria dos membros foram capturados e executados. Perú se manteve fiel a Espanha até 1824, ano em que o país foi libertado por dois estrangeiros; o venezuelano Simón Bolívar e o argentino José de San Martin. Em 1866, o Perú derrotou a Espanha numa pequena guerra mas foi humilhado pelo Chile na Guerra do Pacífico (1879-1883), o que resultou na perda de terras lucrativas de nitrato na parte norte do Deserto de Atacama. O tratado de 1942 em Rio de Janeiro cedeu a área norte ao rio Marañón ao Perú, mas a decisão foi fortemente contestada pelo Equador. Em 1965, guerilhas inspiradas nos movimentos cubanos e conduzidos pelo Exército Nacional de Liberação não foram bem sucedidas, mas uma série de greves nacionais e atos de violencia cometidos pelo grupo guerilheiro Sendero Luminoso trouxeram instabilidade política em 1980. Outro grupo guerilheiro, o Movimento Revolucionário Tupac Amaru (MRTA) também ganhou forças durante este período. Contudo, as eleições presidenciais de 1990 acabaram com a vitoria de Alberto Fujimori sobre o novelista peruano Mario Vargas Llosa, e a captura de lideres do Sendero Luminoso e MRTA em 1992, trazendo esperança de paz ao povo peruano. Desafortunadamente, os antigos problemas territoriais nas fronteiras com o Equador levaram à intervenção de observadores internacionais. A principal ameaça a estabilidade doméstica continuam sendo o desemprego e a pobreza, apesar de que a economia peruana tem apresentado crescimento nos últimos anos. Fujimori foi re-eleito em Abril de 1995, derrotando o ex-secretário das Nações Unidas Javier Perez de Cuellar.

Perfil Econômico

PIB: US$ 34 bilhões

PIB per capita: US$ 1.490 Inflação: 7%

Indústrias Principais: Papel, folhas de coca, aço, minerais, óleo e peixe.

Principais parceiros econômicos: USA

Cultura

Antes do período de colonização espanhola, a arte estaba representada pelas obras em metais, esculturas em pedra, cerâmica e trabalhos têxteis. Os espanhóis introduciram o planejamento urbano, com cidades divididas em forma organizada, construiram mansões, igrejas e monastérios que destacaram o estilo espanhol de arte na época. Com o tempo, os estilos europeus crescentemente mostravam influencia indígena, levando a um estilo conhecido como mestiço. ( os melhores exemplos da arquitetura mestiça podem ser encontrados nas igrejas aos redores de Puno e Arequipa.) As pinturas também imitavam as da Espanha mas a medida em que os artistas locais adquiriram confiança, un novo e distintivo estilo de Cuzco emergeu, no qual os artistas desviaram a sua atenção do mundo visível para o mundo das fábulas e fantasias. A influência destes trabalhos no artista Paul Gaughin, que passou a sua infância em Lima, são notáveis. A religião principal é a Católica, apesar de que os índios, católicos em sua maioria, frequentemente misturam o catolicismo com as crenças tradicionais. O espanhol é a lingua mais falada no Perú. Nas montanhas, a maioria dos índios é bilingue, mas falam o Quechua como lingua nativa. Existem outras 70 línguas, em em alguns lugares do Amazonas, o espanhol é descohecido. Os pratos típicos do país são saborosos e variam segundo a região. Os frutos do mar são melhoras nas costas do pais enquanto que as comidas típicas Incas são melhor apreciadas nas altiplanos. Outros pratos incluem:lomo saltado (porco com cebolas); cebiche de corvina ( peixe gratinado em limão, chili e cebolas, frequentemente servido com batatas).

Eventos

A maior parte dos festivais segue o calendário católico. Estes são celebrados com muita tradição, principalmente nos vilarejos nas montanhas, onde as festas católicas estão normalmente ligadas a uma festa tradicional de agricultura local. Alguns dos eventos principais incluem o Carnaval( Fevereiro-Março), que é particularmente celebrado nos altiplanos; Inti Raymi ( 24 de junho), o maior dos festivais Incas, com danças e desfiles espectaculares; Dia da Independência (28 de julho); Dia de Todas as Almas ( 2 de novembro) onde se levam presentes como comidas, roupas e flores aos túmulos dos difuntos; e o Dia de Puno (5 de novembro), onde se celebram danças com fantasias na cidade de Puno.

Dicas para o Viajante

A maioria dos viajantes não precisa de vistas, com notáveis exeções feitas ao Espanhóis e Neo Zelandeses.

Dinheiro e Custos

Moeda: Nuevo Sol

Quarto Básico: US$ 5-12

Hotel Moderado: US$ 12-20

Hotel de primeira: US$ 20 ou mais

Refeição básica: US$ 2-8

Restaurante moderado: US$ 8-15

Restaurante de primeira: US$ 15 ou mais

Os preços no Perú são mais baixos, em média, que aqueles de países desenvolvido, mas mais altos que aqueles de vários países vizinhos. As cidades de Lima e Cuzco são as mais caras do país. Se você estiver com o orçamento apertado, pode se virar com US$ 20 por dia, mas se você quiser ficar em hotéis confortáveis e comer melhor esteja preparado para gastar US$ 45 por dia. A moeda mais fácil de se trocar são os dólares. As outras moedas só podem ser trocadas em cidades grandes e com um alta taxa de comissão. O dinheiro pode ser trocado em bancos, casas de câmbio, hotéis de primeira classe ou com alguns cambistas nas ruas.

Quando Ir

A temporada alta peruana vai de Junho a Agosto, que é a temporada de seca nas montanhas, e esta é a melhor temporada se você estiver interesado em alpinismo. Os viajantes visitam as montanhas durante o ano todo, apesar de que a temporada de chuva ( Janeiro a Abril) atrapalham bastante. Muitas das melhores festas ocorrem nesta temporada e elas aconteçem de qualquer maneira. Na costa, os peruanos visitam as praias durante os meses ensolarados de Dezembro a Março. O resto do ano, as costas encontram-se com neblina. Os meses mais chuvosos são de Dezembro a Abril, mais apesar disto os visitantes disfrutam durante o ano inteiro devido a que chove por algumas horas unicamente e o sol sai bastante.

Chegando lá e Saindo de lá

O aeroporto intenacional de Lima, Jorge Chavez, é principal conexão para os vôos aos países andinos, Europa e Norte América. Alguns vôos internacionais pousam em Iquitos, na região amazônica do Perú. A taxa para os vôos internacionais esta em torno de US$ 18.

 

Fonte: Lonely Planet

 

Voltar a "PAÍSES"


© 1999 Equipe GIRO 2000 - Todos os direitos reservados